RELAÇÕES ENTRE O BRASIL E A CHINA

As relações comerciais entre Brasil e China cresceram assombrosamente nos últimos anos. O Brasil fornece à China carros, aviões, soja e minério de ferro principalmente. Este por sua vez, adquire dos chineses aparelhos eletrônicos e de telecomunicações, carvão, matérias primas químicas, motores e integrados.

“O relacionamento tem tudo para ser mais rico e ir além de trocas comercias para atingir os campos político e o de investimentos”, declarou o representante do Itamaraty Geraldo Miniuci.

Segundo a reportagem de Ariel Kostman, Cobras e Dólares, publicada na VEJA de 22 de outubro de 2003, p. 132, “em

apenas um ano, de 2001 a 2002, a China saiu da sétima para a segunda posição na lista dos maiores compradores de produtos do Brasil”.

Para Paul Liu, presidente da CBCDE, em entrevista ao site www.cbcde.org.br/pt/home/institucional.php, é preciso aprofundar este relacionamento, quebrar as barreiras culturais, chamar o empresariado a conhecer mais a China e mostrar quais os caminhos para entrar naquele mercado, e este é o papel da Câmara Brasil-China.

Compartilhe com seus amigos:

LINKS PATROCINADOS
Se você gostou destas informações compartilhe com seus amigos através do Orkut, Facebook, Twitter ou pelo E-mail utilizando umas das opções:

Comentários

  1. bruna gomes says:

    adorei esse site e muito bom tem tudo
    para pesquisa ..
    vlw

Deixe seus comentários